A mulher na Igreja e na sociedade: a procura pelo direito de ‘ser’

Francilaide Queiroz Ronsi

Resumo


A emersão da mulher na sociedade e na Igreja torna inevitável e urgente uma reflexão a partir da necessidade de reconhecer e de preservar a sua dignidade como ser humano, o seu direito à vida e a sua condição como coparticipante na construção de uma Igreja justa e solidária. Dessa forma, o presente texto aborda o resgate da colaboração de Maria, a mãe de Jesus, na vida das mulheres; a denúncia da violência contra as mulheres na sociedade brasileira e a responsabilidade da Igreja nesse contexto; a necessidade de uma hermenêutica da vida de Jesus, a partir dos seus encontros com as mulheres de seu tempo; e as contribuições do Papa Francisco para o avanço no aprofundamento da contribuição das mulheres no ambiente eclesial. Todo esse percurso nos permitiu acreditar que a espiritualidade cristã é capaz de humanizar as relações, e de livrá-las de tudo que impede cada pessoa ser ela mesma.


Texto completo:

PDF

Referências


BENTO XVI. Carta Encíclica Deus Caritas est. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

BOFF, Lina. Mariologia: Interpelações para a vida e para a fé. 2ª Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2019.

CATÃO, Francisco. Espiritualidade cristã. São Paulo: Paulinas, 2009. p. 32.

COMISSÃO PONTIFÍCIA PARA A AMÉRICA LATINA. Conclusões e recomendações pastorais da Assembleia Plenária. 2018. Disponível em: http://www.americalatina.va/. Acesso em: 08 fev. 2020.

CONCÍLIO VATICANO II. Constituição dogmática Lumen Gentium. Petrópolis: Vozes, 1969.

CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO E DO CARIBE, V, 2007, Aparecida. Documento de Aparecida: texto conclusivo. 7. ed. Brasília: CNBB, 2008.

CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO, III, 1979, Puebla. Conclusões da Conferência de Puebla: evangelização no presente e no futuro da América Latina. 13. ed. São Paulo: Paulinas, 2004.

FRANCISCO, PP. Audiência Geral, 15 de abril de 2015. Disponível em: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/audiences/2015/documents/papa-francesco_20150415_udienza-generale.html. Acesso em: 04 fev. 2020.

FRANCISCO, PP. Capela da casa Santa Marta, 9 de fevereiro de 2017. Disponível em: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/cotidie/2017/documents/papa-francesco-cotidie_20170209_mulher-harmonia-mundo.html. Acesso em: 06 fev. 2020.

FRANCISCO, PP. Catequeses nos dias 15 e 22 de abril de 2015. Disponível em: https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/audiences/2015/documents/papafrancesco_20150422_udienza-generale.html. Acesso em: 004 fev. 2020.

FRANCISCO, PP. Plenária do Pontifício Conselho para a cultura, 07 de fevereiro de 2015. Disponível em: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/speeches/2015/february/documents/papa-francesco_20150207_pontificio-consiglio-cultura.html. Acesso em: 06 fev. 20.

FRANCISCO, PP. Pontifício Conselho para os Leigos, 12 out. 2013. Disponível em:http://www.vatican.va/content/francesco/pt/speeches/2013/october/documents/papafrancesco_20131012_seminario-xxv-mulieris-dignitatem.html. Acesso em: 05 fev. 2020.

FRANCISCO, PP. Entrevista, 29 de julho de 2013. Disponível em: http://www.vatican.va/content/francesco/pt/speeches/2013/july/documents/papa-francesco_20130728_gmg-conferenza-stampa.html. Acesso em: 04 fev. 2020.

FRANCISCO, PP. Exortação Apostólica Evangelii Gaudium. São Paulo: Paulinas, 2013.

http://www.cidh.org/Basicos/Portugues/m.Belem.do.Para.htm. Acesso em: 09 fev. 2010.

http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/relatorio_institucional/190605_atlas_da_violencia_2019.pdf. Acesso em: 04 fev. 2020.

http://www.observatoriodegenero.gov.br/menu/areas-tematicas/violencia. Acesso em: 10 fev. 2020.

http://www.onumulheres.org.br/. Acesso em: 04 fev. 2020.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm. Acesso em: 09 fev. 2020.

https://censo2010.ibge.gov.br/noticias-censo?id=3&idnoticia=2170&view=noticia. Acesso em: 06 fev. 2020.

https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5669:folha-informativa-violencia-contra-as-mulheres&Itemid=820. Acesso em: 04 fev. 2020.

https://www.pewforum.org/2014/11/13/religion-in-latin-america/. Acesso em: 04 fev. 2020.

https://www.unwomen.org/es/what-we-do/ending-violence-againstwomen/factsandfigures#notes. Acesso em: 04 fev. 2020.

JOÃO PAULO II. Carta Apostólica Mulieris Dignitatem. São Paulo: Paulinas, 2000.

JOÃO PAULO II. Homilia no santuário de Nossa Senhora de Zapopán, 30 janeiro de 1979. Disponível em: https://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/homilies/1979/documents/hf_jp-ii_hom_19790130_messico-zapopan.html. Acesso em 09/02/2010.

MERTON, Thomas. Amor e vida. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

MERTON, Thomas. Humanismo cristiano. Cuestones disputadas. Barcelona: Editorial Kairós, 2000.

MURAD, Afonso Tadeu. Maria, toda de Deus e tão humana: Compêndio de mariologia. São Paulo: Paulinas: Santuário, 2012.

PAULO VI. Conclusão do Concílio Vaticano II. Mensagem às mulheres, 8 de dezembro de 1965. Disponível em: http://www.vatican.va/content/paul-vi/pt/speeches/1965/documents/hf_p-vi_spe_19651208_epilogo-concilio-donne.html. Acesso em: 07 fev. 2020.

PAULO VI. Exortação Apostólica Marialis cultus. São Paulo: Paulinas, 1974.




DOI: https://doi.org/10.46525/ret.v35i1.1596

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Encontros Teológicos

ISSN 2525-846X


Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.