Literatura teológica do Período Intertestamentário: os livros deuterocanônicos

Nirio de Jesus Moraes

Resumo


Este artigo trata dos livros deuterocanônicos, que surgiram no Período Intertestamentário, ou seja, o intervalo transcorrido entre o último livro do Antigo Testamento, o do profeta Malaquias, e o primeiro livro do Novo Testamento, o Evangelho segundo Mateus. A Bíblia hebraica não os acolheu, apenas a Septuaginta e a Vulgata, razão pela qual a literatura cristã dos primeiros séculos faz numerosas referências a eles. Tais livros revelam detalhes históricos e aspectos teológicos importantes da época em que foram produzidos. Por conseguinte, os livros deuterocanônicos, objeto deste estudo, devem ser tomados em consideração quando se intenta reconstituir a história de Israel nos séculos que antecederam o nascimento de Jesus. Palavras-chave: Período Intertestamentário. Livros deuterocanônicos. Septuaginta. Vulgata.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.46525/ret.v35i2.1606

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Encontros Teológicos

ISSN 2525-846X


Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.