Ética econômica e solidariedade na Obra Lucana

Tarlei Navarro Pádua Souza

Resumo


Este artigo visa aprofundar o tema “os pobres” na obra lucana, um estudo na acepção mais comum da palavra. Então “disse eu comigo, alguém que tenha pleno direito de falar ainda hoje de pobreza: Jesus Cristo. Portanto, deixá-lo-ei falar o mais diretamente possível”.[1] O objetivo é seguir na perspectiva de uma ética inculcada proposta por Jesus e manifestada por Lucas, aonde as riquezas têm um papel social. [2] Vale lembrar que o discurso de Jesus foi ao encontro de uma região com uma riqueza concentrada nas mãos de poucos.[3] Para este aprofundamento ressalto as sábias e oportunas palavras de dom Hélder Câmara que lembra-nos que “falar das causas das injustiças sociais e denunciá-las não é comunismo, como algumas vezes se acusa injustamente, é Evangelho de Jesus Cristo”. [4] Para tanto este estudo apresenta que a chave da questão na comunidade Lucana foi à proposta de Jesus em devolver a esperança messiânica aos pobres, com forte apelo aos ricos à solidariedade, caminho de amor e partilha.[5]


[1] CANTALAMESSA, Raniero. A pobreza. S. Paulo, 2003, pp.7-8.

[2] Cf. DILLMANN, Rainer; PAZ, César A. Mora. Comentario al Evangelio de Lucas – Um comentário para la actividad pastoral. Estella (Navarra), 2006, p. 391.

[3] Cf. THEISSEN, Gerd. Soziologie der Jesusbewegung, München, 1979, p. 42.

[4] ALENCAR, Jakson Ferreira. Mensagem de acolhida do editor da Revista Pastoral, nº 292, ano 54, 2013, In: http://vidapastoral.com.br/wp-content/uploads/2013/08/Vp-setembro-site.pdf

[5] Cf. JEREMIAS, Joachim. Teologia Del Nuevo Testamento. Salamanca, 1977, p. 133.


Texto completo:

PDF

Referências


Referências

AGUIRRE, Rafael; BERNABÉ, Carmen; GIL, Carlos. Guías de lectura de lós evangelios de Mateo, Marcos e Lucas. Estella (Navarra): Editorial Verbo Divino, 2014.

CANTALAMESSA, R. A pobreza. 3ª edição, S. Paulo: Edições Loyola, 2003.

CASALEGNO, A. Lucas - a caminho com Jesus missionário. S. Paulo: Edições Loyola, 2010.

COMPÊNDIO DO VATICANO II: constituições: decretos e declarações, 29ª ed., Petrópolis-RJ: Vozes, 2000.

DILLMANN, R.; PAZ, C. A. M. Comentario al Evangelio de Lucas – Um comentário para la actividad pastoral. Estella (Navarra): Editorial Verbo Divino, 2006.

FABRIS, R.; Maggioni, B. Os Evangelhos II. S. Paulo: Edições Loyola, 2010.

FITZMYER, J. A. El Evangelio según Lucas: Introducción General. vol. I, Madrid: Ediciones Cristiandad, 1986.

GNILKA, J. Jesus de Nazaré: mensagem e história. Petrópolis-RJ: Vozes, 2000.

HARRINGTON, W. J. Chave para a Bíblia: a revelação: a promessa: a realização. S. Paulo: Paulus, 1985.

HURTADO, L. W. Senhor Jesus Cristo: devoção a Jesus no cristianismo primitivo. Santo André: Academia Cristã e São Paulo: Paulus, 2012.

JEREMIAS, Joachim. Teologia Del Nuevo Testamento. Salamanca: Sígueme, 1977,

JEREMIAS, J. Teologia do Novo Testamento. S. Paulo: Hagnos, 2008.

LIBÂNIO, J. B. Linguagens sobre Jesus 3: de Cristo carpinteiro a Cristo cósmico. S. Paulo: Paulus, 2013.

LOHSE, E. Contexto e Ambiente do Novo Testamento. S. Paulo: Edições Paulinas, 2000.

LOUW, J.; NIDA, E. Léxico grego-português do Novo Testamento – baseado em domínios semânticos. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2014.

MACKENZIE, J. L. Dicionário bíblico. S. Paulo: Paulus, 1983.

MAZZAROLO, I.; KONINGS, J. Lucas o evangelho da graça e da misericórdia. S. Paulo: Edições Loyola, 2016.

MONASTERIO, R. A.; CARMONA, A. R. Evangelhos Sinóticos e Atos dos Apóstolos. S. Paulo: Editora Ave-Maria, 2000.

MORGENTHALER, R. Statistik des Neutestamentlichen Wortschatzes. Zürich-Frankfurt am Main: Gotthelf-Verlag, 1958.

PEREIRA, I. Dicionário Grego-Português Português-Grego. 5. ed., Porto: Apostolado da Imprensa, 1976.

PETITFILS, J. Jesus – A Bigrafia. S. Paulo: Benvirá, 2015.

RATZINGER, J. Jesus de Nazaré: primeira parte: do batismo no Jordão à transfiguração. S. Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2007.

RICHTER REIMER, I. Compaixão, cruz e esperança: teologia de Marcos. S. Paulo: Paulinas, 2012.

SEGUNDO, J. L. A história perdida e recuperada de Jesus de Nazaré. Dos sinóticos a Paulo. S. Paulo: Paulus, 1997.

SCHNELLE, U. Teologia do Novo Testamento. Santo André: Academia Cristã e São Paulo: Paulus, 2010.

____________, Como ler o evangelho de Lucas – os pobres constroem a nova história. S. Paulo: Paulus, 2015.

TEISSEN, G.; MERZ, A., O Jesus histórico – um manual. S. Paulo: Edições Loyola, 2004.

THEISSEN, Gerd. Soziologie der Jesusbewegung, München, 1979.

VV.AA. Introdução ao Segundo Testamento – Eu vim para que todos tenham vida em plenitude. S. Paulo: Paulus, 2014.

Meios eletrônicos

ALENCAR, J. F. de, Mensagem de abertura da Revista Pastoral nº 292, ano 54, 2013, In: http://vidapastoral.com.br/wp-content/uploads/2013/08/Vp-setembro-site.pdf

CALDERARO, B. N.; OLIVEIRA, E., Os pobres no Evangelho de Lucas e nos Atos dos Apóstolos, In: https://aparecidaitaquera.wordpress.com/2016/10/04/os-pobres-no-evangelho-de-lucas-e-nos-atos-dos-apostolos/

MARTINS, M. A., A relação de Jesus com as mulheres na perspectiva de Lucas,

In: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/bitstream/tede/887/

/MARQUES%20ALVES%20MARTINS.pdf

MOREIRA, G., Os pobres na obra de Lc-At e em nós, In: http://gilvander.org.br/site/os-pobres-na-obra-de-lucas-lc-e-at-e-em-nos/

PINHEIRO, A., Aula sobre Lucas 16, In: https://www.youtube.com/watch?v=ef9QBVM7E_c

SANTOS, P. E. C., O ´ebyôn (“pobre”) e o `anî (“pobre”) dentro do livro do Deuteronômio, In: file:///C:/Users/User/Documents/ PESQUISA%20PARA%20TESE/Conceitos%20de%20

Pobre%20no%20livro%20do%20Deuteron%C3%B4mio.pdf




DOI: https://doi.org/10.46525/ret.v34i3.953

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Encontros Teológicos

ISSN 2525-846X


Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.